Início » Especial Reforma: Cinco ‘solas’, cinco filmes

Especial Reforma: Cinco ‘solas’, cinco filmes

Há 500 anos, o monge agostiniano Martinho Lutero subiu um monte pra pregar na porta da Catedral de Wittenberg as famosas 95 teses. Esse evento desencadeou a Reforma Protestante, um movimento que buscou a volta da centralidade das escrituras e da graça de Deus como meio de salvação. Os principais temas da Reforma foram resumidos em 5 frases em latim, conhecidas como as cinco ‘solas’:

  • Sola Scriptura: Somente a Escrituta.
  • Solus Christus: Somente Cristo.
  • Sola gratia: Somente a graça.
  • Sola fide: Somente a fé.
  • Soli Deo gloria: Somente a Deus a glória.
 
Pensei que uma ótima maneira de entender o que os ‘solas’ querem nos dizer, em nosso mundo tão visual e atraído por histórias, seria por meio de filmes. Por esse motivo, reuni um filme pra cada ‘sola’ pra ilustrar o que eles significam.
Prepare a pipoca.
Contém alguns spoilers.

Sola Scriptura | O Livro de Eli

Neste filme acompanhamos a história de Eli (Denzel Washington) num mundo pós-apocaliptico. É um personagem misterioso que se recorda frequentemente de ‘seguir o caminho’ enquanto tenta chegar ao mar. Na estrada, ele se encontra com o negociador Carnegie (Gary Oldman) que está em busca do livro guardado por Eli e quer usar ele pra ganhar poder.
O livro de Eli termina sendo aquele livro que se tornou o mais importante da história. A Reforma, mais do que nunca, enfatizou que somos o povo do Livro. Será que estamos guardando-o com a dedicação e cuidado que ele merece?

Sola Fide | As Crônicas de Nárnia: Príncipe Caspian

Na segunda aventura da saga, os irmãos Pevensie se encontram em uma Nárnia destruída, invadida por Telmarinos e sem esperanças. Diante da ameaça crescente e da ausência de Aslam, alguns narnianos se voltam à feitiçaria como meio de salvação. A jovem Lucy (Georgie Henley) no entanto crê firmemente na vinda do Leão.
Num mundo sem esperanças, Lucy é um bom exemplo da importância de guardar a fé.

 
 

Sola Gratia | A Chegada

O planeta desperta com naves alienígenas se aproximando. Os líderes mundiais tentam se comunicar e para isso, chamam a especialista linguística Louise (Amy Adams) pra tentar compreender os invasores. O que eles querem? Guerra? Conquista?
No percorrer da história, Louise passa a acreditar que eles vieram com o objetivo de dar aos humanos um presente. Os líderes políticos e militares, no entanto, desconfiam da proposta. Eles não querem pagamento algum em troca? Como isso é possível?
Os humanos se encontram na mesma encruzilhada com a graça de Deus. Jesus morreu na cruz e pagou todos os nossos pecados na cruz, será que não tenho que fazer algum pagamento?
A graça não é uma conquista nossa. É um presente de Deus.
 

Solus Christus | A paixão de Cristo

A salvação vem a nós por meio de Jesus Cristo. Vemos todos os dias Cristo sendo apropriado pelos mais distintos movimentos ideológicos, de direita a esquerda. Mas quem foi Ele e qual obra realizou?
Em A paixão de Cristo, Mel Gibson conta os últimos momentos de Jesus (Jim Caviezel) antes de crucificação, a partir de uma visão bíblica. É a maior história de amor em tela.
 

Soli Deo Gloria | Amadeus

Antonio Salieri (Murray Abraham) era o compositor oficial do imperador austríaco. Mas ele se vê desconcertado com o surgimento do jovem Wolfhard Amadeus Mozart (Tom Hulce) que, apesar de ser devasso, era um compositor bem mais criativo e popular que ele.
Desesperado, Salieri promete de tudo a Deus para que Ele o faça um músico melhor. Antonio reconhece que a glória de Deus se comunica pela música se Mozart, mas se ira com Deus porque não tem a mesma criatividade que Mozart, apesar de seus esforços. Salieri quer a glória pra si mesmo, e no final…bem, essa parte eu deixo pra que descubram no filme.
 

Que Deus nos ajude. Que Sua palavra seja a autoridade final em nossas vidas. Que depositemos nossa fé no Senhor, apesar das circunstâncias. Que entendamos que não podemos comprar a salvação, ela é um presente maravilhoso do Salvador. Que não vejamos ao Cristo que queremos, mas que o verdadeiro Cristo brilhe em nós. E que tudo que façamos seja não para nossa glória, mas para a glória de Deus.