Homens religiosos participam mais de tarefas de casa, diz estudo

Estudo realizado com dados de 34 países descobriu que, ao contrário das expectativas modernas, os homens religiosos são mais participativos nas tarefas de casa que os não-religiosos. Entre as tarefas observadas, estavam lavar a louça, fazer as compras, cozinhar e limpeza da casa, além das horas totais de trabalho doméstico. 

Para entender melhor os dados, os homens casados foram divididos em várias categorias, entre elas a tradição religiosa, a frequência de participação e a região geográfica. Foram incluídos homens de várias religiões, como budistas, muçulmanos, hinduístas, judeus, católicos, protestantes e ortodoxos. Além de não-religiosos. 

A principal variação entre os religiosos que ajudam e os que não ajudam em casa está ligada com a sua frequência de participação. Os que tem baixa frequência de participação em serviços religiosos ajudam menos em casa e em menos tarefas. Enquanto os que participam de sua comunidade de fé se envolvem em mais atividades e passam mais tempo ajudando em casa. 

Uma explicação para este fenômeno é que homens que participam de serviços religiosos estão mais propensos a ser estimulados por seus líderes a ajudar a família em casa, incluindo nos serviços domésticos.

Os números variam também por religião. Neste sentido, países de maioria protestante apresentam participação maior que países ortodoxos ou budistas, por exemplo, onde a divisão de trabalho doméstico é mais tradicional.  

Ainda segundo os resultados, homens que possuem uma visão mais igualitária do papel de homens e mulheres dividem mais tarefas domésticas do que a média, mas com um número de horas menor em trabalhos domésticos que os homens mais religiosos que priorizam a vida familiar.

Os resultados podem ser acessados aqui.  

Deixe o seu comentário

Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: