Início » Novo presidente do Malawi é pastor e teólogo assembleano

Novo presidente do Malawi é pastor e teólogo assembleano

De acordo com o novo presidente do Malawi, o pastor pentecostal e antigo professor de teologia Lazarus Chakwera, ele foi eleito com a missão de unir e de servir os malawianos. “Eu quero prover liderança para que todos possam prosperar, isso passa pelo combate decisitivo à corrupção e ao roubo dos recursos públicos, e por uma liderança que siga os parâmetros legais,” disse ele em entrevista a BBC.

Ele recebeu quase 60% dos votos nas eleições deste ano, vencendo o presidente anterior Peter Mutharika, após as eleições terem sido refeitas. A primeira votação ocorreu no ano passado, mas foi anulada pelo Judiciário do país após suspeitas de fraude favorecendo o presidente Mutharika, que havia vencido por apenas 3%. “Me senti como Lázaro e retornei dos mortos,” disse Lazarus Chakwera após a vitória nas urnas, citando o personagem bíblico de mesmo nome.

O novo mandatário disse que não ficaria no caminho de investigações sobre a legitimidade dos resultados e que governaria para todos. “Não precisam temer porque serei presidente de vocês e minha política de inclusividade significa que governarei para construir uma nova Malawi para todos nós. Não sou o presidente de uma facção, sou o presidente de todo o país,” afirmou.

Já no primeiro mês de mandato, o novo presidente aumentou o salário mínimo de 46 a 70 dólares, aumentou a isenção de imposto de renda, demitiu suspeitos de corrupção e suspendeu contratos com empreiteiras. O parlamento também aprovou um subsídio para ajudar a população do campo com fertilizantes, diminuindo o preço pela metade, entre outras medidas.

Observadores acreditam que a religião do novo líder do país vai influenciar suas políticas a longo prazo. De acordo com Bright Theu, advogado e professor malawiano, os primeiros atos de Lazarus como presidente podem sinalizar uma nova era de combate a corrupção. Ele citou casos em que a polícia já atuou e disse que o presidente está acompanhando de perto cada caso.

Lazarus passou 24 anos como pastor-presidente das Assembleias de Deus antes de entrar na política em 2013. Pouco tempo depois, numa entrevista realizada em 2014, ele afirmou: “Deus não está me tirando do ministério. Deus está estendendo o meu ministério para que eu possa pastorear a nação inteira”. Ele também ensinou no Seminário Teológico Pan-Africano e serviu como líder da Escola de Teologia das Assembleias de Deus do país.

Presidente e ministros. Fonte: Divulgação.

Com informações de World, BBC e DW.