Início » Pandemia põe fim a pub histórico frequentado por C. S. Lewis e Tolkien

Pandemia põe fim a pub histórico frequentado por C. S. Lewis e Tolkien

Um pub histórico de Oxford, no Reino Unido, que serviu a estudantes, acadêmicos e grandes nomes da literatura por mais de 450 anos está fechando, por não resistir a crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus.

O The Lamb and Flag (O Cordeiro e a Bandeira, em português) foi frequentado por autores como C.S. Lewis, escritor de “As Crônicas de Nárnia”, e J.R.R Tolkien, que escreveu a trilogia “O Senhor dos Anéis”. Mas teve uma perda desastrosa de lucros e os dados dos últimos 12 meses mostram que o negócio se tornou insustentável.

O pub foi aberto em 1566 e mudou-se para a sua localização atual na rua St. Giles em 1613. Ele é propriedade da St. John’s College, uma das 45 faculdades que formam a Universidade de Oxford. Ele não possuía TV, nem karaokê, nem música, e mantinha um ar tradicional e histórico. Os símbolos de seu logomarca fazem referência a João Batista.

Este era um dos locais de encontro dos Inklings, grupo literário liderado por C. S. Lewis e que tinha a participação de autores como J. R. R. Tolkien, Hugo Dyson e Charles Williams. Provavelmente inspirado nas amizades que cultivava nesses encontros, C. S. Lewis escreveu em seu livro ‘Os quatro amores’ o seguinte: “Dois amigos ficam contentes quando chega um terceiro e três quando o quarto se reúne a ele, basta que o recém chegado tenha as necessárias qualificações para tornar-se um verdadeiro amigo. Eles podem dizer, como as almas abençoadas dizem em Dante: “Está chegando alguém que vai ampliar nosso amor”. Pois neste tipo de amor “dividir não é remover”.

Desde 1997, os lucros do The Lamb and Flag eram usados para financiar bolsas de estudos para estudantes de graduação de Oxford. Segundo o comunicado, apesar do fechamento, o programa vai continuar.


Com informações da CNN Brasil e do Evening Standard.