Evangelista indiano Ravi Zacharias morre de câncer aos 74 anos

Dois meses após ter anunciado que havia sido diagnosticado com câncer, o evangelista Ravi Zacharias partiu para a eternidade na manhã desta terça-feira (19).

Nascido na cidade indiana de Chennai, o pequeno Ravi foi levado pela mãe a uma leitora de mãos que disse ao menino que ele ‘não iria viajar longe ou ter muito na vida’ e que este era o futuro dele. Ela não poderia estar mais enganada.

Alguns anos mais tarde, quando Ravi tinha 17 anos, ele aceitou a Cristo. Na época, ele se recuperava de uma tentativa de suicídio em um hospital de Delhi, na Índia, e leu a passagem do evangelho de João que dizia “Porque eu vivo, vocês também viverão”. Então, ele rendeu sua vida a Jesus e passou a servir a Cristo por meio da pregação.

Aos 37 anos, ele foi convidado por Billy Graham para pregar na primeira Conferência Internacional de Pregadores Itinerantes em Amsterdã, nos Países Baixos. E seguiu pregando por todo o mundo para falar da fé cristã de uma forma que fosse clara e acessível. E em total, foram centenas de pregações em mais de 70 países.

A paixão pelo evangelho foi uma marca em toda a sua vida e era tão grande que, após receber o diagnóstico de câncer, ele chegou a pregar a três enfermeiras no hospital.

E como legado, Ravi deixou um ministério de evangelismo atuante em mais de quinze países e mais de 30 livros publicados.


Com informações do Ravi Zacharias International Ministries.


Deixe o seu comentário