Pular para o conteúdo

Nova edição de Nárnia está chegando ao Brasil

As Crônicas de Nárnia é um clássico da literatura mundial que continua a encantar gerações desde sua primeira publicação em 1950. Até o momento, a edição mais famosa da série de livros no país era a traduzida por Paulo Mendes Campos, e publicada pela Editora Martins Fontes no ano de 2009 (você pode encontrá-la aqui em volume único, ou aqui em edições separadas).

De lá pra cá, a coletânea de livros e o seu autor, C. S. Lewis, só ganharam mais espaço entre o público brasileiro. Tanto que, no ano de 2021, a editora Thomas Nelson celebrou as vendas de mais de um milhão de unidades do autor no Brasil. Número já próximo de superar a marca dos dois milhões de unidades vendidas.

É neste contexto que a HarperCollins anunciou uma nova edição das Crônicas juntamente com uma nova tradução para o país. Esta publicação é mais um resultado do trabalho que a casa publicadora tem realizado desde 2017, juntamente com a Thomas Nelson Brasil, que faz parte do mesmo grupo editorial. Desde então, foram publicados outros 31 livros de C. S. Lewis no país, entre reedições e edições inéditas, como ‘Cristianismo puro e simples‘, ‘Até que tenhamos rostos‘ e ‘A abolição do homem‘.

“O Brasil é um dos países de maior venda de livros de C.S. Lewis no mundo, e acreditamos que o nosso trabalho nos últimos anos foi fundamental para que isso acontecesse. Com a aquisição de As crônicas de Nárnia, estamos muito felizes em poder reunir, pela primeira vez no nosso país, todo o catálogo de C.S. Lewis na mesma casa editorial,” diz Leonora Monnerat, diretora executiva da HarperCollins Brasil.

O professor e pesquisador Ronald Kyrmse é o responsável pela tradução da nova edição. Ele é especialista em J. R. R. Tolkien, escritor que influenciou e foi influenciado por Lewis, e também traduziu a nova edição de ‘O Senhor dos Anéis’ para a editora. Além de ter trabalhado na tradução de ‘Os filhos de Húrin‘, ‘Contos inacabados‘ e ‘J. R. R. Tolkien: Uma biografia‘.

A edição incluirá as ilustrações originais de Pauline Baynes, aprovadas pelo próprio C. S. Lewis. Além disso, a editora também promete edições especiais para quem é fã. Os livros serão publicados em formato de luxo, com capa dura e acabamentos especiais. E virão em volumes individuais seguindo a ordem de publicação dos livros: O leão, a feiticeira e o guarda-roupa (1950), Príncipe Caspian (1951), A viagem do Peregrino da Alvorada (1952), A cadeira de prata (1953), O cavalo e o seu menino (1954), O sobrinho do mago (1955) e A última batalha (1956).

A previsão é que os primeiros lançamentos ocorram nos próximos meses.


Deixe o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: